FAUNA E FLORA DO SEMIÁRIDO

20/08/2009 at 20:04 Deixe um comentário

O salão de atividades do Campus VIII da Universidade do Estado da Bahia (UNEB), em Paulo Afonso, é palco, até o dia 24 de agosto, de duas exposições sobre as belezas naturais da região da Caatinga.

Através de imagens que revelam a estética e riqueza da biodiversidade da região,Grito da Caatinga, do escultor e ecólogo Paulo Soares, e Vozes da Caatinga, do fotógrafo Cláudio Humberto dos Santos, têm o objetivo de sensibilizar o público sobre a necessidade de preservação do bioma e da sustentabilidade ecológica das espécies animais.

A abertura das mostras, no dia 24 de julho, contou com a presença de professores, estudantes e servidores da UNEB, além de biólogos, artistas e membros da comunidade local .

A iniciativa, aberta para visitação do público externo, é uma realização do Departamento de Educação (DEDC) do campus, e pode ser conferida, gratuitamente, de segunda a sexta-feira, durante o horário de funcionamento regular das atividades da universidade.

Juracy Marques, diretor do departamento, pontua que a intenção da universidade é valorizar a floresta da região, na medida em que inibe o preconceito do senso comum de que a Caatinga é um bioma pobre em biodiversidade e endemismo.

A realização das mostras têm também o intuito de criar espaços para que os artistas locais apresentem os seus trabalhos. Aliás, as obras têm um rigor e qualidade extraordinários e podem, inclusive, subsidiar trabalhos e produções científicas sobre a diversidade da Caatinga”, ressalta Marques.

Arte e belezas naturais

Segundo o escultor Paulo Soares, ex-aluno do curso de especialização em Ecologia Humana e Gestão Socioambiental da UNEB, as obras são esculpidas a partir de materiais naturais, baseadas em técnicas e estilo simples.

As peças são de madeira extraída de árvores mortas do sertão alagoano, onde estão esculpidas as mais belas formas naturais, linhas e curvas, as quais revelam o sofrimento e a dureza das interferias do clima seco e solo duro da região nordeste”, explica Soares.

Ao retratar as mais variadas espécies de pássaros encontrados na Caatinga, o trabalho do fotógrafo Cláudio Humberto “serve de alerta para os graves problemas socioambientais pelos quais vêm passando esse precioso bioma, a exemplo de extinção de algumas espécies”, avalia o fotógrafo.

Fonte: ASCOM/UNEB

About these ads

Entry filed under: Notícias. Tags: .

170 anos do nascimento de Machado de Assis INCENTIVO À LEITURA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


agosto 2009
S T Q Q S S D
« jul   set »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

Arquivos

Twitter EDUNEB

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

Os posts mais lidos


Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: